mombaca_

MONBAÇA

Gramínea originária da África. É uma planta agressiva que cresce em forma de touceiras, muito recomendada para bovinos em fase de engorda e produção leiteira. Pode ser consumida por equinos e ovinos. A Mombaça é uma forrageira que deve ser intensamente explorada durante o período chuvoso, época em que o crescimento é mais intenso e a qualidade nutricional também é maior. A forragem produzida durante o ano é mais bem distribuída nesta pastagem, que apresenta período de florescimento também mais tardio que os demais Panicum maximum.

Recomendada para bovinos em fase de engorda e produção leiteira. Pode ser consumida por equinos e ovinos. A Mombaça, por apresentar talos mais grossos que o Tanzânia, deve ser pastejada sempre verde. Se os animais forem colocados em pastagens maduros e passados de Mombaça, irão refugar estes talos grossos e lignificados, acarretando um “envaretamento” das plantas e, como consequência, o início do processo de degradação da pastagem.

No período chuvoso a quantidade de dias para a recuperação deste pasto após o pastejo deve ser de, no máximo, 30 dias.

DESCRIÇÃO TÉCNICA:

Nome científico: Panicum maximum Jacq.

Família: Gramínieas

Ciclo vegetativo: Perene

Forma de crescimento: Touceira cespitosa

 

ADAPTAÇÃO:

Tipo de solo: Fértil/Bem Drenado

Altitude: Até 1.500m

Precipitação anual: Acima de 1.000 mm

Utilização: Pastejo direto

 

TOLERÂNCIA:

Tolerância à seca: Média

Tolerância ao frio: Média

Digestibilidade: Excelente

Palatabilidade: Excelente

Cigarrinha: Média

Sombreamento: Média

 

PRODUÇÃO:

Teor de proteína: 12 a 16% na MS (Matéria Seca)

Profundidade de plantio: 0,5 a 1,0cm

Produção de forragens: 20 a 28 t/ha/ano de matéria seca

 

UTILIZAÇÃO/MANEJO:

Tempo de formação: 90 – 120 dias

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt